Escola EB23 Santa Maria da Feira
Santa Maria da Feira. 2009

Dando corpo aos princípios e objectivos
do Município de criar um equipamento
escolar sustentável no qual alunos,
professores e funcionários possam
desfrutar duma elevada qualidade
de vida com a menor pegada ambiental,
o edifício foi concebido explorando
em detalhe todas as potencialidades
do design bioclimático.

O desempenho alcançado pela optimização
do desenho (implantação, forma, interiores)
e dos sistemas construtivos adoptados
para a envolvente do edifício, foi complementado
com o recurso a duas soluções bioclimáticas
activas, que permitem simultaneamente
promover a ventilação, o aquecimento
e arrefecimento interior em todas as salas
e espaços de trabalho, assegurando
a qualidade do ar interior: a Trombe Wall
e a Solar Wall.

A valorização da iluminação natural no interior,
permitiu reduzir também substancialmente
o uso de iluminação artificial.

A abordagem estendeu-se também
aos espaços exteriores, tendo-se presente
a ideia de paisagem sustentável.
O revestimento vegetal escolhido: contribuiu
para a retenção e formação do solo; providencia
o habitat para espécies endémicas, servindo
assim de refúgio para a biodiversidade; realça
a percepção das mudanças de estação,
o que permite uma base de trabalho
em termos de educação ambiental; apresenta
uma reduzida manutenção (bastando geralmente
uma ou duas operações por ano); e traduz-se
finalmente numa poupança substancial
de água uma vez que pode prescindir
de qualquer tipo de rega.